Amores vagos estilingando em BH

Em BH há um boteco pra lá de especial, o Agosto Butiquim (R. Esmeralda, 298, Prado). Nesse bar, boa bebida, boa comida e eventos culturais se misturam de tal maneira que fica difícil saber qual desses motivos, se é que existe um, leva uma pessoa a voltar ali.

De todo modo, eis a mala direta que o Agosto faz circular a partir de hoje. Como se vê, nosso Amores vagos está lá no boteco, mais um tempero nessa misturinha saborosa e mineira. Quem for de Minas ou estiver em Minas, chegue lá.

***********************************************************************************************

Olá caros amigos.

A ideia é de um grupo de amigos do Rio de Janeiro. Meu primo Alexandre Brandão e mais seis amigas – Nilma Lacerda, Miriam Mambrini, Marilena Moraes, Vânia Osório, Sônia Peçanha e Cristina Zarur. Eles se conheceram numa oficina literária nos anos 80 onde iniciaram uma amizade produtiva e duradoura. Lançaram uma primeira coletânea de textos intitulada A palavra em construção (1992), seus próprios livros, mas achavam que ainda era pouco. Resolveram fundar então um selo literário, o Estilingues, e publicar a segunda coletânea do grupo: Amores Vagos. Mas eles conseguiram fazer uma idéia bacana tornar-se mais bacana ainda. Resolveram que o livro não seria vendido, e sim distribuído gratuitamente para pousadas (as primeiras foram as de Paraty durante a FLIP deste ano) e outros estabelecimentos para brindar os clientes destes locais com boa leitura, e fazê-lo assim circular entre um maior número de pessoas, iniciativa semelhante a dos movimentos Fureur de Lire, na França, e o bookcrossing, sucesso na Espanha, onde os livros são deixados em um lugar público para que outras pessoas deles desfrutem.

Como o Agosto não podia ficar de fora desta pedi para o Xandão nos incluir na jogada. E não deu outra, os livros chegaram esta semana e estarão disponíveis para vocês, nossos clientes, para leitura, a partir desta semana. A idéia é um serviço parecido com o de uma biblioteca. O camarada leva o livro, lê e devolve ao bar para que outras pessoas também possam lê-lo.

Então já sabem, quando forem ao Agosto peçam ao garçom um exemplar, leia-o e devolva-o para que esta ideia circule e atinja seu objetivo. O legal é que na última página há uma coluna onde o leitor deixa o nome, a data e o local onde retirou o livro, como em uma biblioteca mesmo.

Mais informações vocês encontram no blog estilingues.wordpress.com.

Boa leitura e uma ótima semana a todos

*********************************************************************************************

Na foto a seguir, em uma noite no Agosto, reúnem-se os “poetas, seresteiros e namorados”: Sérgio Fantini, Rodrigo Leste, Marcus Mendra, Márcia Montezuma, Antonio Barreto, Samira e Murilo Antunes.

Uma noite no Agosto Butiquim. Belo Horizonte.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s